Sobre Guilherme Carnicelli

Publicitário pela FAAP com especialização em Marketing e Vendas pela ESPM e MBA em Gestão Empresarial Estratégica pela USP. Com uma carreira construída como empreendedor e em empresas multinacionais, foi um dos responsáveis no Brasil pela estruturação e desenvolvimento de duas das maiores empresas de corretagem imobiliária no mundo a RE/MAX e a Coldwell Banker. Atualmente, trabalha como consultor no setor imobiliário e possui negócios nas áreas de consultoria e internet. É também autor do blog Guilherme Online e apresentador do programa Café Imobiliário.

7 Comentários

  1. Edson Nogueira

    Guilherme, bom dia.
    Perfeito seus comentários, também entrei em 1988 e as duas diferenças com relação a sua situação é que não trabalhei em empresas multinacionais, vim de algumas grandes empresas nacionais e tenho um pouco mais de idade do que você, porém a desilusão com o mercado foi igual ou talvez até pior pelo fato de ter mais idade, a gente incomoda-se muito mais.
    Até hoje me pergunto: Como pode um mercado que corre tanto dinheiro, ser tão desorganizado e ter pessoal, principalmente os corretores de imóveis, tão despreparados para uma profissão.
    Realmente, necessitamos melhorar o “niver” de qualificação destes “pseudos profissionais”. Abraços.

    Responder
    1. Guilherme Carnicelli

      Edson, bom dia! O corretor precisa tomar a frente nesse processo de melhorar o mercado em que ele atua. Fazer com que o mercado seja bom para ele e se os bons se unirem para fazer isso, os maus corretores vão embora. Obrigado pelo seu comentário.

      Responder

      1. Bom dia nobre amigo e parceiro Guilherme! Parabenizamos pela objetividade e realidade de seu comentario,realmente, no Brasil temos um longo caminho a trilhar!
        Trabalhei por anos no mercado norte americano onde pude conhecer e praticar a realidade de atendimento,etica e fidelidade da clientela com o profissional corretor!
        Hoje no Brasil,procuro repassar aos meus corretores o que aprendi nestes anos nos EUA,e, a sua materia veio em boa hora para despertar nestes corretores o real significado de ser um professional….obrigado e parabens!

        Responder
        1. Guilherme Carnicelli

          Obrigado Leandro, o caminho é longo, mas depende de todos nós para fazermos ele rápido.
          Conte comigo nessa jornada!
          Um forte abraço!

          Responder



  2. Oi Guilherme, Muito bom o seu artigo. Certamente nesse ramo em que trabalhamos atitude é a chave. Acabei de conhecer o seu blog e achei muito interessante o seu trabalho. Vou acompanho-lo a partir de hoje.
    Abraços e Sucesso!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *