Dez características de um bom CEO (líder)

Sempre li muita coisa a respeito de liderança e de características pessoais de líderes. Resolvi colocar aqui dez características que vejo como fundamentais para quem executa um papel de liderança dentro de organizações nos dias de hoje.

1 – Gestão do Tempo
Um bom líder precisa ser capaz de planejar como a sua semana começa e como ela vai terminar, gastar seu tempo no que é realmente importante e não nas coisas urgentes, tudo que é urgente hoje já foi importante algum dia e foi negligenciado dentro da companhia. Portanto é fundamental a capacidade de planejar a semana, criar as suas reuniões de rotina, gastar parte do tempo para pensar e para manter o seu plano de negócios no rumo correto.

2 – Relacionamento
Todo líder dever ser bom na construção de relacionamentos estratégicos, isso não significa quantidade e sim qualidade. Não se trata de jogar golfe durante a semana para poder bater papo e conhecer novas pessoas. Tem a ver com relações profissionais, fazer conexões com pessoas influentes que podem ser importantes em determinado momento do seu planejamento.

3 – Conhecer sobre Finanças
Entender números significa saber interpretar a linguagem dos negócios. Nesse assunto você deve ser fluente, deve ficar atento ao seu fluxo de caixa e não no lucro da empresa. O bom CEO conhece o modelo de negócio em que está envolvido e suas questões legais e tributárias para poder traduzir isso tudo em tendências e o rumo financeiro que a empresa está tomando. Isso irá ajudá-lo a explicar boa parte de suas decisões quando as pessoas ao redor ficarem inaptas a resolver certas questões.

4 – Visão
Como diz o ditado, “Para quem não sabe onde quer chegar, qualquer caminho está errado”. Como líder você tem que ter a visão de para onde a empresa está indo, tem que ser capaz de antecipar problemas e colocar as pessoas certas nos lugares certos para agir de forma preventiva. Um bom CEO dificilmente se vê agindo de forma corretiva em relação aos seus negócios, isso faz a diferença nos momentos que antecedem crises e que acabam se tornando vantagens competitivas de mercado.

5 – Valores Claros e Transparentes
O CEO é normalmente o reflexo do que as pessoas ao seu redor farão, todos tomam como exemplo a sua forma de trabalho e comportamento como um modelo a ser seguido. Por isso, é preciso que seus valores sejam claros, que você demonstre através de atitudes o que espera de cada um que está no seu time. Um CEO que mente não pode exigir a verdade, se esconde as coisas não pode exigir transparência, se nunca toma decisões com velocidade não pode reclamar da lentidão dos seus subordinados. Você deve fazer o que vai exigir que seja feito, se você demitir alguém que não compartilha seus valores, ninguém irá questioná-lo.

6 – Execução
Sonhar é bom, mas você vai passar mais da metade de sua vida acordado. Isso significa que você deve inspirar a sua equipe a sonhar, mas também deve mostrar-se capaz de executar. Você deve acordar pela manhã com o sentimento de algo novo será realizado a cada dia, que algo será finalizado hoje para que novas coisas possam ser iniciadas amanhã. Empresas que vivem de um sonho não prosperam e seus líderes são normalmente os principais responsáveis por isso.

7 – Fluência em Línguas
Em algum momento de sua vida profissional você vai precisar ao menos da língua inglesa, o inglês é a língua oficial no mundo dos negócios, por esse motivo as escolas na China estão alfabetizando os seus alunos também no inglês e o que se espera de um líder nas empresas de sucesso é que ele possa se virar em uma reunião com outros líderes sem a necessidade de um tradutor, mesmo porque, existem assuntos estratégicos que podem vazar caso um terceiro seja o intermediário em uma conversa importante.

8 – Tecnologia
Você não precisa ser um mestre nos computadores, mas é fato, nos dias de hoje só envelhece no mundo dos negócios aqueles que não são capazes de interagir com as ferramentas de TI, saber enviar um e-mail, usar uma planilha no excel, um editor de textos e fazer uma apresentação de power point são requisitos básicos. Como eu disse você não precisa ser um gênio, mas se não souber o básico não vai acompanhar o ritmo das informações que correm dentro da empresa e do seu segmento de mercado e aí você se torna um passageiro e não o condutor.

9 – Humildade para Ouvir
Saber ouvir e não interromper as falas de seus subordinados é uma das características que mais são admiradas em um líder. Você pode até saber que tudo aquilo é besteira, mas permitir que a idéia seja concluída antes de dizer que não concorda cria em sua equipe um espírito de participação, isso pode poupar alguns milhares de reais a companhia em auditorias ou consultorias externas.

10 – Postura e Comprometimento
Sua equipe quer que você faça parte dela, mas você tem o desafio de participar de forma a não interferir nas relações com os seus subordinados. Mostrar-se comprometido com o resultado, algumas vezes colocar a mão na massa pode ajudá-lo a extrair da sua equipe o melhor resultado. Se você é distante e tem uma postura de superioridade, é visto como aquele que leva os “louros” da fama e não se importa como e quem fez o resultado. Tenha uma postura de comprometimento, mostre-se presente e participe da sua equipe como líder.

Se você não tem alguma dessas características  saiba que você sempre pode desenvolver novas habilidades, mas se você não tem  e não pensa em desenvolve-la saiba que em algum momento você pode se tornar uma piada dentro da empresa e  é uma questão de tempo para que você se torne um “falso líder”, aquele que está lá porque foi colocado e não porque merece.

About these ads

11 comentários

  1. E o pior é que é uma receita tão obvia! São ações simples e extremamente eficazes e não precisa estar 100% em todas as ações, mas é importante exercitá-las para um dia o bom líder ser uma grande referência. E para aqueles que acham que tudo isso é uma grande besteira. Eu apenas lamento. Lamento não por ele e sim pelos seus subordinados.

    Parabéns pelo post, muito interessante. Vou passar para frente!

  2. Guilherme,
    Parabéns pelo texto: simples e objetivo. Raro na inclusão da questão da execução no papel da liderança!
    Vou aproveitar!
    Marcia Pires

  3. Prezado Guilherme,
    Seu texto é muito bom, com linguagem simples e direta. Além disso, demonstra sua visão e experiência para as tarefas de um gestor.
    Vivemos um momento em que a falta de profissionais qualificados obrigam alguns empresários a inserir pessoas com pouco preparo em cargos de liderança. Na minha opinião, seu texto se aplica muito bem a todos os níveis de gestão, servindo de “manual de cabeceira” aos iniciantes também.
    Parabéns! Vou divulgá-lo aos meus contatos.
    Valbert

  4. Com certeza nenhum líder é 100% e é isso que faz com que ele sempre busque a excelência.
    Pq se alguém chega aos 100% se acomoda e estagna.

    Valeu Guilherme pela boas dicas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s